Após fortes terremoto e tsunami, Cáritas do Japão e da Ásia preparam ajuda

 

 

As equipes da Cáritas Ásia e Cáritas Japão já preparam ajuda aos japoneses após um forte terremoto de 8,9 graus na escala Richter ter sacudido o país na tarde desta sexta-feira (horário local, madrugada no Brasil). É o mais forte terremoto a atingir o Japão e um dos mais potentes já registrados na História.

O tremor, cujo epicentro foi a 130 quilômetros da costa nordeste do país, no oceano Pacífico, e a uma profundidade de cerca de 25 quilômetros, gerou tsunamis de até dez metros de altura que atingiram e devastaram diversas cidades litorâneas do país. As ondas devem atingir outros países do Pacífico ainda hoje. Até o momento, 60 pessoas morreram, mas ainda há muitos desparecidos.

"Um tsunami golpeou a nossa gente. Uma onda anormal arrastou a nossa vida. Estamos ainda em estado de choque por tudo que aconteceu. As notícias são confusas, mas o que sabemos é que a diocese mais atingida é a de Sendai", declarou um morador da região à Agência Fides.

O presidente da Cáritas do Japão, bispo Dom Isao Kikuchi, afirmou que, ainda que a comunidade católica da região não seja muito numerosa, a entidade já prepara ajuda e não irá medir esforços para ajudar as vítimas".

Padre Bonnie Mendes, presidente da Cáritas Ásia, por sua vez, disse que está em contato com a Cáritas japonesa e que está monitorando a situação, os danos e as vitimas. "Esperamos que não haja muitos mortos. Aguardamos agora para saber o real quadro dos desabrigados e as necessidades destes para dar início a um plano de emergência".

Com informações de agêcias e da Rádio Vaticana.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!