Cardeal Odilo Pedro Scherer aponta Jesus como referencial do Natal

 

Dom-Odilo-Pedro-Cardeal-SchererO cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, 23, na Cúria Metropolitana, no bairro de Higienópolis, na qual falou aos jornalistas sobre o Natal, avaliou o ano de 2011 e apontou perspectivas para o próximo ano. Além de reforçar seus votos de um abençoado Natal a todos, o arcebispo ressaltou a necessidade de chamar a atenção da população para o real significado do Natal cristão, ou seja, o nascimento de Jesus.

“O Natal é uma das festas maiores do cristianismo e, por isso, neste momento, quando se aproxima o Natal, a Igreja chama o povo para a reflexão, oração, para ações de solidariedade e também para participação das celebrações”.

Também de acordo com dom Odilo, é preciso, cada vez mais, ligar o Natal a Jesus Cristo, pois se percebe que “na grande opinião pública sempre mais vai acontecendo um desligamento do Natal em relação a Jesus Cristo, que é, de fato, a figura referencial do Natal”.

Neste aspecto, destacou o cardeal, outras interpretações da data tomam conta da cultura e das manifestações, deixando de lado Jesus Cristo, que, conforme lembrou dom Odilo, é um personagem da história e, portanto, não é apenas significativo para os que creem em Deus e no próprio Cristo.

Como exemplo, o arcebispo falou sobre o subsídio lançado pela arquidiocese, convidando as pessoas a viverem o Advento e Natal em Família.

Solidariedade na Favela do Moinho

Dom Odilo disse que a população de São Paulo se entristeceu com o incêndio que devastou parte da Favela do Moinho, na região central, que causou duas mortes e três feridos, na última quinta-feira, 22.

Segundo o cardeal, essa tragédia levanta diversas questões a serem refletidas nesta véspera de Natal, como a precariedade na qual ainda vivem muitas pessoas na cidade, situação essa agravada para os que perderam tudo no incêndio.

Dom Odilo afirmou que essas pessoas dependem das estruturas de assistência social da cidade e também da solidariedade social. Para isso informou que a Cáritas Arquidiocesana lançou uma campanha na qual disponibiliza uma conta bancária para arrecadação de doações. Ele também destacou o trabalho da Comunidade Aliança de Misericórdia no local, que também está se mobilizando para receber doações em gêneros.

Avaliação de 2011

Ao falar sobre a caminhada da Igreja neste ano, dom Odilo fez uma avaliação positiva. Na arquidiocese, de modo particular, foi dada uma atenção especial às paróquias, a partir de sua Carta Pastoral, “Paróquia, torna-te o que tu és”. “As paróquias são a expressão mais concreta da Igreja”, ressaltou.

Na Igreja como um todo, o cardeal não deixou de recordar a realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Madri, Espanha. “Foi um evento extraordinário, que reuniu mais de dois milhões de jovens”, lembrou.

Outro momento forte foi o anúncio do Rio de Janeiro como sede da próxima JMJ, de 23 a 28 de julho de 2013, com a expectativa da presença do papa Bento 16.
Dentro da preparação da próxima JMJ, dom Odilo lembrou a colhida dos símbolos peregrinos da jornada – a Cruz dos jovens e o Ícone de Nossa Senhora –, durante o evento “Bote Fé”, em 18 de setembro em São Paulo. A peregrinação neste momento segue pelas dioceses do Nordeste. “A Jornada Mundial da Juventude, portanto, está marcando a vida da Igreja no Brasil”, garantiu.

2012: ano de comemorações

Ao falar sobre as perspectivas da Igreja no Brasil e no mundo para o próximo ano, o cardeal Scherer destacou o início das comemorações dos 50 anos da realização do Concílio Vaticano 2º (1962-1965).

No Brasil, informou dom Odilo, as comemorações deste cinquentenário começarão em abril, durante a 50ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida (SP). “Faremos a abertura de um período de quatro anos de comemorações do jubileu de ouro do concílio”, explicou.

Em Roma, conforme explicou o arcebispo, o jubileu será aberto em outubro, durante a 13ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, outro grande evento mundial de 2012.

Este sínodo de outubro reunirá bispos do mundo todo para refletirem sobre a nova evangelização para transmissão da fé, como foi proposto por Bento XVI. “O Sínodo já está sendo preparado e temos certeza que o tema é de grande interesse para a vida da Igreja e, por isso, terá grande impacto para o futuro da vida e da missão da Igreja.
Também dentro das comemorações do jubileu do Concílio Vaticano 2º, dom Odilo lembrou a abertura do Ano da Fé, cujo anúncio foi feito pelo papa em novembro, com a publicação da carta apostólica “Porta Fidei”.

Na arquidiocese de São Paulo, 2012 também terá como destaque a comemoração do 70º aniversário do Congresso Eucarístico Nacional de 1942. “Este congresso marcou fortemente a cidade e a comunidade católica”, afirmou dom Odilo, informando que para festejar a data, será realizada uma grande concentração no centro da cidade, na solenidade de Corpus Christi, em 7 de junho.

 

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!