Cáritas socorre vítimas das enchentes no Acre

 

caritasbrasileira.jpg
A Cáritas é uma das entidades católicas que 
auxiliam os flagelados das enchentes 

Rio Branco 

A cheia que atingiu o estado do Acre, é a pior desde o ano de 1997. Segundo o diácono Francisco Alves da Silva, coordenador da Cáritas Diocesana de Rio Branco, a complicada situação do estado pode piorar com novas chuvas previstas, pois as barragens estão no limite de sua capacidade.

Brasiléia, uma das cidades acrianas inundadas, teve 95% de sua área urbana submersa e 6 mil habitantes desabrigados.

O nível do Rio Acre estava 1,2 metro acima do normal, na última quinta-feira.

A estimativa é de que 100 mil pessoas tenham sido atingidas pelas cheias em todo o estado do Acre.

Hoje, 5, uma delegação da Secretaria Nacional de Defesa Civil visitará o estado do Acre afim de avaliar as estruturas das casas atingidas e debater como reconstruirão as que apresentarem problemas estruturais.

Uma conta foi criada para receber doações em dinheiro das pessoas que desejarem colaborar nas ações de apoio às vítimas da enchente. O Fórum Tático Operacional da superintendência do Banco do Brasil, em parceria com a Defesa Civil, irão administrar os recursos.

A entidade católica Cáritas participa ativamente da ajuda aos flagelados da enchente oferecendo auxílio alimentar e médico aos necessitados.

Em união com equipes da Diocese de Rio Branco, a Cáritas Diocesana faz o levantamento das necessidades de aquisição imediata e arrecada donativos de material de higiene pessoal, remédios e alimentos.

Os que desejarem fazer doação aos flagelados através da entidade, poderão fazê-lo utilizando os dados abaixo:

Banco do Brasil
CONTA CORRENTE - 100.000-4
AGÊNCIA - 0071-X

(EPC)

Com informações da CNBB.

 

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!