Depois da promessa Espanha oferece Troféu do Mundial à Virgem de Guadalupe no México

.- A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) ofereceu o troféu da Taça do Mundo conquistado em julho na África do Sul ante a Virgem de Guadalupe na sua Basílica na capital mexicana, conforme informa a RFEF.

Em um emotivo ato, o presidente da RFEF, Angel María Villar, ofereceu o troféu diante de Monsenhor Diego Monroy cumprindo com a promessa feita em sua última visita o México. Os dirigentes espanhóis estiveram acompanhados pelo presidente da Federação Mexicana de Futebol, Jacinto Desio de María, e outros membros de sua equipe.

Em sua homilia, Monsenhor Monroy destacou os valores humanos que o esporte gera na sociedade universal e considerou que é um veículo de criação de forças espirituais. "Não se trata só do triunfo mas sim da espiritualidade que implica um esforço desta dimensão", afirmou.

"Estamos muito felizes de que a Real Federação Espanhola de Futebol tenha cumprido seu desejo ante a Virgem ‘Morenita’ do Tepeyac, a mãe de todos. Não esqueçam que, quando se reuniu com o ‘indiozinho’ Juan Diego ela lhe disse com claridade 'eu sou sua mãe' o que a converte em mãe de todos nesta mistura de culturas, a indígena e a espanhola", acrescentou.

A basílica albergou a numerosas pessoas que quiseram unir-se ao ato, seguidores do futebol e amantes do time espanhol que aclamaram cada instante da celebração.

"Sempre que vim ao México visitei a Basílica. Quando devi assinar o acordo para a partida ante o México escutei Missa e solicitei uma coisa, ser campeão do mundo!, sou um egoísta, essas coisas não se pedem e a mãe de Deus me concedeu isso", assinalou Villar.

Espanha e México se enfrentam amanhã em um partido amistoso pelo Bicentenário da independência dos mexicanos.

A Virgem de Guadalupe apareceu a um camponês de nome Juan Diego em 1531, poucos anos depois da chegada dos conquistadores espanhóis, no alto de uma colina onde antes havia um templo dedicado a uma deusa asteca.

Depois de que Juan Diego contasse a um bispo sua visão, a imagem da virgem apareceu mais tarde em sua capa, de acordo ao relato. Este fato converteu o México ao catolicismo e o indígena foi canonizado pelo Papa João Paulo II em 2002.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!