Santana foi Patrona e Protetora de São Paulo

 É verdade que Santana foi patrona e protetora da cidade e da Arquidiocese de São Paulo? Como e quando foi a mudança para o patrono atual, São Paulo Apóstolo?

Padre João Luiz Miqueletti  responde:- É verdade. Conforme documento do Papa Pio VI, de 31 de maio de 1782, que está no Museu de Arte Sacra (Convento da Luz, Av. Tiradentes, 676), Sant'Ana foi eleita como protetora e patrona da Cidade e da Arquidiocese de São Paulo. Em 2008, por ocasião do Ano Paulino, o Papa Bento XVI declarou São Paulo padroeiro da Arquidiocese. De certo modo, a data da fundação da cidade, 25 de janeiro, e o nome que lhe foi dado, São Paulo, naturalmente o colocava como padroeiro. Sant'Ana continua protegendo esta cidade e para com cada cidadão ela tem um coração de avó, grande e generoso.

 

Ó São Joaquim e Santa Ana
protegei as nossas famílias
desde o início promissor
até à idade madura
repleta dos sofrimentos da vida
e amparai-as na fidelidade
às promessas solenes.

 

Acompanhai os idosos
que se aproximam
do encontro com Deus.

 

Suavizai a passagem
suplicando para aquela hora
a presença materna
da vossa Filha ditosa
a Virgem Maria
e do seu Filho divino, Jesus!
Amém.

 

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!