Católicos de todo o Brasil dão o primeiro passo para a beatificação de Zilda Arns

Milhares de pessoas vindas de várias partes do Brasil estiveram reunidas em Curitiba (PR) entre os dias 10 e 11 de janeiro para a celebração eucarística que deu início a um longo caminho que pretende alcançar a beatificação da criadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns Neumann, morta em 12 de janeiro de 2010 durante um terremoto que devastou a capital do Haiti, Porto Príncipe.

Mais de 40 mil pessoas lotaram a Arena da Baixada onde acompanharam a entrega oficial da moção que que solicita a abertura do processo de beatificação de Zilda Arns. Este documento que reúne uma série de assinaturas, tem como objetivo demonstrar o apoio da população a uma causa ou proposta que, neste caso em específico, reconhece a fama de santidade e o legado evangelizador e pastoral da médica que dedicou boa parte de sua vida às crianças.

A celebração foi conduzida pelo Arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Raymundo Damasceno Assis e contou com a participação de mais de 20 bispos de várias dioceses brasileiras, além de autoridades civis.

A moção conseguiu reunir 130 mil assinaturas e foi entregue à Arquidiocese de Curitiba durante a celebração. O próximo passo é reunir todos os documentos necessários e encaminhá-los ao Vaticano, onde será analisado por uma comissão nomeada pela Congregação das Causas dos Santos. Não há prazo para que a beatificação seja anunciada já que são necessárias várias provas, inclusive a comprovação de que houve um milagre através da intercessão de Zilda Arns.

Dom Aldo Di Cillo Pagoto, responsável pelo anúncio de que a Igreja no Brasil daria início ao processo de beatificação da médica e membro do Conselho Diretor da Pastoral da Criança, o reconhecimento de que Zilda Arns venha a se tornar beata, representaria uma valorização do legado deixado por ela. Segundo ele, “Zilda dedicou-se à uma certa concepção de vida que precisa ser valorizada. Foi agregadora de valores de defesa e promoção da vida de crianças e idosos e o seu trabalho tem um caráter sagrado e por isso pedimos o reconhecimento para essa líder e benemérita”.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!