Comunhão e Missão

Neste mês de março ocorreu a 24ª Assembleia Diocesana de Evangelização, que teve como tema: “Comunidade de comunidades: uma nova paróquia – a conversão pastoral da paróquia” – Documento 100 da CNBB e lema: “Ser uma Igreja em saída: coragem, levanta-te e anda”. Foi um acontecimento muito bonito e enriquecedor. A grande maioria dos fiéis cristãos dos diversos segmentos eclesiais participou: gente das paróquias, comunidades, organismos, pastorais, movimentos e associações; leigos, religiosos(as) e ministros ordenados. Um grande encontro de pessoas de fé, vivenciando a comunhão, aprofundando o sentido da missão e fortalecendo-se para o testemunho na Igreja e na sociedade.

Na maior parte do tempo estão espalhados nas diversas realidades territoriais e humanas e nelas vivem a missão de ser “sal”, “luz” e “fermento”. São enviados, de modo especial, às periferias existenciais para, à semelhança do Senhor Jesus e, em seu nome, serem servidores. São enviados a lugares diferentes, mas não desconectados uns dos outros. São todos ligados por um fio invisível, o Espírito do Senhor, que a todos foi comunicado no batismo e na crisma, o mesmo Espírito que conduziu o Salvador em toda a sua missão. Pela própria natureza do envio missionário, ninguém trabalha em seu próprio nome, mas em nome do Senhor e de seu Corpo Místico, a Igreja; ninguém trabalha para si mesmo, mas para o Reino que é vida e vida abundante para todos. Os cristãos têm consciência de fazerem parte de um todo que é o corpo do Cristo total.

Há momentos em que os muitos diluídos como o sal na água e o fermento na massa, reúnem-se para manifestar de forma visível a sua comunhão e se fortalecem para continuar a caminhada. Assim são as assembleias litúrgicas e outros encontros nas comunidades. Assim é a grande assembleia diocesana de evangelização, como a que ocorreu neste mês.

Dou graças ao Senhor pela presença maciça dos irmãos e irmãs de todos os segmentos pastorais da diocese. Foi muito bom constatar a alegria nos olhares e sorrisos dos participantes. Minha percepção diz que acolheram felizes as reflexões profundas e sábias do assessor de nossa Assembleia, Dom Benedito Beni dos Santos. Comungaram os momentos de oração e saborearam a confraternização com os demais nos grupos e nas refeições.

 

Foram poucas as paróquias que faltaram. Quem não participou, perdeu. Esta é minha convicção. Porque deixou de aproveitar um momento forte de comunhão e participação. E quem deixou de convidar e inscrever os que estão sob os seus cuidados pastorais ou os tenha impedido de participar, objetivamente (não julgo a sua consciência) não cumpriu a missão de ligar a parte com o conjunto eclesial. É como desligar os galhos do tronco. Igreja é comunhão e missão. Fechar-se no isolamento é correr o risco de perder o norte. É dar golpes no escuro sem saber onde está o alvo.

A participação nos momentos diocesanos é um compromisso que onera a consciência. Nada, a não ser um motivo de força maior, pode antepor-se a ele. É necessário não colocar condições prévias para abrir-se à comunhão e amizade fraterna.

Escrevo isto não para entristecer meus irmãos, mas para afirmar-lhes que eu os estimo e que a ausência deles faz falta a mim e à nossa Igreja. A esperança me diz que esta mensagem encontrará eco em seus corações e que haveremos de crescer na comunhão para sermos sempre mais uma Igreja servidora que segue os passos de Jesus.

Nosso próximo momento forte diocesano será na Missa do Crisma (Quinta-feira Santa), na qual serão abençoados os óleos dos catecúmenos e dos enfermos e consagrado o óleo do crisma. Essa missa dará a oportunidade a bispos e presbíteros de renovarem suas promessas sacerdotais proferidas na própria ordenação. Por elas todos renovamos o compromisso de trabalhar pelo Reino de Deus como servidores da Palavra, da Liturgia e da Caridade. Desde já, desejo uma santa e feliz Páscoa para todos e para suas famílias.

Dom Luiz Antônio Guedes

Bispo Diocesano

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!