Diocese de Campo Limpo participa de encontro com Dom Claudio Hummes em ampliada da sub-região

No último dia 21 de fevereiro, a Sub-Região Pastoral SP-2 realizou o 20º Encontro Ampliado das equipes pastorais, envolvendo as dioceses de Campo Limpo, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo Amaro, Santo André, Santos e São Miguel Paulista e reuniu cerca de 200 pessoas.

O encontro na Cúria de Santo Amaro e foi coordenado pelo presidente da sub-região e Bispo de São Miguel Paulista, Dom Manuel Parrado Carral e contou com a presença dos Bispos Diocesanos de Campo Limpo, Dom Luiz Antônio Guedes, do Bispo de Santo Amaro, Dom Fernando Figueiredo, de Guarulhos, Dom Edmilson Amador Caetano, de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini, de Osasco, Dom João Bosco Barbosa de Souza, de Santo André, Nelson Wersthrupp e de Santos, Dom Tarcísio Scaramussa. Também estiveram presentes os Bispos Eméritos Dom Emílio Pignolli, de Campo Limpo, Dom Fernando Legal, de São Miguel Paulista, além do Bispo Coadjutor de Santo Amaro, Dom José Negri. A Diocese de Campo Limpo participou deste encontro ampliado com 27 representantes de pastorais.

O tema sugerido pelos bispos para este encontro foi: “Desafios da Nova Evangelização à Luz da Exortação Apostólica Evangelli Gaudium que foi proferida pelo Arcebispo Emérito de São Paulo, Dom Claudio Hummes.

Antes de entrar no tema proposto, Dom Claudio fez uma reflexão breve sobre o pontificado do Papa Francisco e disse que ele está promovendo um “novo tempo para a Igreja, um verdadeiro Kairós”.

Ao mencionar o documento escrito pelo Papa Francisco, Dom Claudio disse que “o evangelho deve ser uma alegria para o mundo e para nós mesmos”. Segundo ele, “anunciar Jesus ao mundo significa fazer de Jesus Cristo uma boa notícia e não uma notícia que vai nos atrapalhar”.

Lembrando as palavras do Papa Francisco, o Arcebispo Emérito de São Paulo disse que “os evangelizadores não devem fazer cara de funeral, de alguém que está ali para censurar, para condenar. O Evangelho não vem para cobrar ou condenar, vem para servir”.

Dom Claudio lembrou ainda que o objetivo do Papa Francisco ao escrever a Evangelli Gaudium foi transformar a Igreja em uma Igreja Missionária. “Devemos ser uma Igreja em saída. Devemos sair da zona de conforto, da frente dos computadores, dos telefones e dos tablets e ir ao encontro dos necessitados. Devemos ir às periferias, apesar de ser muito difícil chegar até lá”.

Após a palestra de Dom Claudio os participantes foram divididos em grupos onde responderam perguntas relacionadas a explanação. Com a apresentação das respostas, o encontro foi encerrado e todos participaram de um almoço de confraternização.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!