Eucaristia hoje: desafio e promessa de Cristo

A Sagrada Eucaristia é um momento tão importante que nunca pode deixar de ser comentado, falado, participado. A sua lembrança não deve ocorrer somente na festa de Corpus Christi, quando celebramos o Corpo de Cristo. A cada celebração eucarística, revivemos aquele instante em que Jesus, reparte o pão e o entrega a seus discípulos dizendo: “Tomai todos e comei, isto é o meu corpo que é dado por vós”. E ao final da ceia, ele toma o cálice em suas mãos dizendo: “tomai todos e bebei, isto é o meu sangue, o sangue da nova e eterna aliança que será derramado por vós e por todos para a remissão dos pecados. Fazei isto em memória de mim” (cf. 1Cor 11, 24-25).

“A Eucaristia nos é dada ao mesmo tempo como um desafio e uma promessa. É deste modo que Jesus no-la apresenta.Ele não modera suas palavras em vista dos que o escutam. Estes, por sua vez, sentem-se profundamente ofendidos com o que ouvem: suas palavras causam-lhes repulsa! Mesmo enfrentando forte oposição, Ele insiste em descrever o comer a sua carne e o beber o seu sangue em termos completamente literais.

Por diversas vezes, Jesus faz uso do verbo grego τρώγειν (pronuncie “tróguein”), o qual se refere ao ato simples de comer, roer ou mastigar (cf. Jo 6,54.56-58). Nada mais faz Ele que testar a fé dos seus ouvintes nas suas palavras, do mesmo modo como Deus fez comIsrael.

O maná fora dado a fim de saciar a fome dos israelitas no deserto, mas, Jesus nos mostra que o homem não vive apenas de pão, mas de toda palavra que procede da boca de Deus, pois Ele é o verdadeiro pão descido do céu. Em Cristo, “o Pai que vive” nos deu sua Palavra descida do céu, tornando-a carne para dar vida ao mundo inteiro. 

Na Eucaristia somos feitos uma só carne com Cristo. Temos sua vida em nós e vivemos por sua causa, porque neste sacramento somos transformados pelo Cristo e participamos da sua natureza divina. Eis o mistério da fé ao qual Jesus pede que creiamos. Ele nos promete: se comermos do seu corpo e bebermos do seu sangue, assim como ele ressuscitou dentre os mortos, também nós seremos ressuscitados no último dia.”

Ulisses Quintão de Carvalho

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!