Liderança Eclesial é tema do CDP Ampliado na Diocese de Campo Limpo

Mais de 200 pessoas, entre delegados paroquiais e agentes de pastorais da Diocese de Campo Limpo participaram no último sábado (11/06/2016) do Conselho Diocesano de Pastoral – CDP Ampliado – na Catedral Santuário Sagrada Família. 

A manhã de estudos contou com a consultoria do psicoterapeuta Marcelo Galvão que ministrou a palestra: “O Papel do Líder na Missão Eclesial”. Ele levantou questões sobre liderança que foram debatidas pelos participantes do encontro entre elas, as características necessárias para ser um líder eclesial; o que a Igreja espera de seus líderes; quais os benefícios e dificuldades de exercer a liderança na Igreja; quem tem influenciado a atuação na Igreja; quais os maiores erros cometidos na liderança eclesial; quais os valores fundamentais para um líder eclesial e o que fazer de melhor no exercício da liderança.  

Marcelo explica que para ser um bom líder é preciso, em primeiro lugar, “exercer a sua integridade, alinhar o seu comportamento para obter a credibilidade da equipe sendo verdadeiro e honesto e, principalmente, sendo pastoral, estar feliz em fazer e não esperar pelo reconhecimento que muitas vezes não vem, mas ao longo do tempo, vai ganhando aliados para a sua missão”. 

Entre os resultados apresentados após a discussão em equipe sobre os itens apresentados pelo psicoterapeuta, os grupos afirmaram que as características principais para ser um bom Líder Eclesial são: ter uma verdadeira experiência com Cristo; humildade; saber escutar e aprender com o outro; empatia e formação permanente. 

Segundo Marcelo a figura do líder está ganhando espaço nas grandes empresas ao passo em que a “chefia” não consegue mais exercer o seu papel de impor regras. “Existe o poder da pessoa e o poder da posição. Grande parte das pessoas exerce o poder por seu cargo, aquelas pessoas que tem uma delegação e acha que isso lhe dá mais direito de fazer as coisas. A liderança em si é o poder da pessoa que não precisa ter cargo, não precisa ter delegação. Hoje as empresas começam a trabalhar com as estruturas mais flexíveis, as pessoas que são líderes de projetos sem precisar virar gerentes, sem precisar ter um cargo para exercer a sua influência”. 

Para exemplificar na prática o papel da liderança, Marcelo Galvão utilizou cenas do filme “A Paixão de Cristo” do qual retirou o perfil do “Líder Servidor”. Segundo ele, esse líder está baseado nos seguintes aspectos:

Respeito: Tratar os outros como pessoas importantes;

Compromisso: Sustentar suas escolhas;

Bondade: Dar atenção, apreciação e incentivo;

Paciência: Mostrar autocontrole;

Humildade: Ser autêntico e sem pretensão de arrogância;

Abnegação: Satisfazer as necessidades dos outros;

Perdão: Desistir de ressentimento quando prejudicado;

Resultados, serviço e sacrifícios: Pôr de lado suas vontades e necessidades e buscar o bem para os outros.

 

Homenagem e agradecimento

 

Ao final do encontro a Comissão Diocesana de Pastoral prestou homenagem aos sacerdotes que assumiram, ao longo dos últimos anos, as equipes de pastorais diocesanas. Os homenageados foram: 

Pe. Adilson Ulprist – Setor de Comunicação e PasCom Diocesana

Pe. Carlos Lozada Román – Associação e Movimentos Apostólicos

Pe. Elinaldo Ferreira de Oliveira – Pastoral Catequética

Pe. James Crowe, SPS – CNLB Diocesano de Campo Limpo

Mons. Luís Carlos Parede – Pastoral Presbiteral

Pe. Reinaldo Sussumu Akagui – Caritas Diocesana de Campo Limpo

Pe. Sandro Ely de Oliveira – Pastoral Litúrgica 

Em seguida foram apresentados os novos sacerdotes que assumem as pastorais: 

Pe. Rodrigo Antônio da Silva – Setor Comunicação e PasCom Diocesana

Pe. Cesar Silva Rossi – Associações e Movimentos Apostólicos

Pe. Edalto Pereira dos Santos – Pastoral Catequética

Pe. Rodolfo Marinho de Sousa – CNLB Diocesano de Campo Limpo

Pe. Claudionor de Melo Leite – Pastoral Presbiteral

Pe. Marcelo Francisco Leite – Caritas Diocesana de Campo Limpo

Pe. Fausto dos Santos Oliveira – Pastoral Litúrgica

 

Também foram apresentados o novo jornalista responsável pelos meios de comunicação da Diocese de Campo Limpo, Luciano Batista e a direção do Conselho Nacional do Laicato do Brasil diocesano (CNLB), Adélio Vilalba Martinez na presidência e Manoel Humberto Luís Moreira na vice-presidência.

 

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!