Louvor e ação de graças na missa de 35 anos de ordenação sacerdotal de padre Alberto Gambarini

Uma manhã de louvor e agradecimento. Nem mesmo o forte sol que fez sobre Itapecerica da Serra neste domingo, afastou os mais de cinco mil fiéis que se encontraram em frente ao Santuário Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia para celebrar os 35 anos de ordenação sacerdotal do padre Alberto Gambarini e cinco anos do padre Lidionor Sampaio Lisboa, ou simplesmente, padre Lidio. 

Os fiéis começaram a chegar bem cedo, cada um a sua maneira, trazendo água, um boné, uma sombrinha e até mesmo, banquinhos, tudo bem organizado para não perder nenhum momento da celebração que teve a animação de Laércio Oliveira. 

Por volta das 10h00, a celebração eucarística teve início com a procissão passando pelas ruas em frente ao Santuário, atravessou a praça e se posicionou na escadaria da igreja, de onde o padre Alberto agradeceu a presença de todos. “Agradeço a todos vocês que vieram de tão longe para celebrar comigo essa data tão importante, primeiro porque hoje é o dia da Imaculada Conceição e também, por ser o meu aniversário de 35 anos de ordenação sacerdotal”. 

Padre Alberto lembrou aquele 6 de dezembro de 1978 quando, nessa mesma igreja, recebeu das mãos de Dom Mauro Morelli – então bispo auxiliar de São Paulo – a ordem do sacerdócio. “Eu me recordo daquele retiro de final de semana promovido pelos Salesianos onde eu senti muito forte o chamado de Deus, então eu fiquei quase uma noite inteira conversando com o padre Jonas Abib que me disse: vai meu filho, se essa é a sua vocação, vai! Então, seis anos depois, eu recebi aqui, nesta mesma igreja, a ordenação sacerdotal de Dom Mauro Morelli”. 

O sacerdote ainda partilhou uma conversa que teve essa semana com Dom Mauro. “Ele esteve impossibilitado de vir a essa festa tão bonita, então eu disse para ele: o senhor já está convidado para a festa de 40 anos”. 

Padre Lidio também foi homenageado. “Esse padre que vai fazer a leitura do Evangelho, está há cinco anos conosco e é um grande sacerdote. Hoje, padre Lidio celebra seus cinco anos de sacerdócio e tem feito um lindo trabalho aqui em Itapecerica”, disse padre Alberto. 

Durante a homília, o sacerdote falou sobre a Imaculada Conceição e do seu “sim” para Deus. Segundo ele, nós também temos de dar o nosso “sim” para Deus. “O mais importante de tudo é Jesus. Não tenha medo dele, você não vai se arrepender”. E acrescentou: “Aprendi duas coisas muito importante com meus pais: a honestidade e o amor que eles tinham um pelo outro, um amor que todo casal deve ter”. 

O sacerdote também falou sobre sua vocação e sobre o seu trabalho missionário. “Sou um padre que leva a Palavra de Deus. Eu não sou artista, não sou apresentador de televisão; sou padre e utilizo desses meios para levar a Palavra de Deus e tenho certeza de que Jesus também os utilizaria para falar às pessoas”. 

Um dos momentos emocionantes foi quando apresentaram um vídeo com a trajetória de vida do padre Alberto e os depoimentos do Arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Raymundo Damasceno Assis, do padre Reginaldo Manzotti e do fundador da comunidade Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib. Padre Juarez de Castro estava com a presença confirmada, mas por um problema de agenda, teve de viajar para o Espírito Santo e mandou uma mensagem se desculpando e parabenizando padre Alberto Gambarini. 

Ao final da celebração houve uma queima de fogos, balões foram soltos e uma chuva de papel picado tomou conta da praça e uma pomba branca foi solta. Padre Alberto agradeceu mais uma vez o carinho e a amizade dos fiéis.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!