Madre Assunta Marchetti será beatificada em São Paulo

A secretaria de Estado do Vaticano confirmou para o dia 25 de outubro de 2014, na cidade de São Paulo, o Rito de Beatificação da Venerável Serva de Deus, Madre Assunta Marchetti, co-fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeu. A autorização foi dada pelo Papa Francisco no último dia 17 de dezembro. 

Madre Assunta nasceu na Itália em 1871 e faleceu em São Paulo em 1948 na casa que ela ajudou a criar em 1895, o Orfanato Cristóvão Colombo – hoje Associação Educadora e Beneficente Casa Madre Assunta Marchetti – na Vila Prudente, zona leste da capital paulista. 

A religiosa chegou ao Brasil em 1895 acompanhada de um grupo de freiras que se dedicou à fé, esperança e caridade radical. Ela, em especial, se dedicou aos migrantes, órfãos, doentes, sofredores e pobres que necessitavam de ajuda. 

A Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeu, Scalabrinianas, foi fundada pelo beato João Batista Scalabrini, em Piacenza – Itália – em 25 de outubro de 1895 e tem como co-fundadores os irmãos, padre José Marchetti e madre Assunta Marchetti. 

O Brasil foi o primeiro país onde a instituição criou espaços dedicados ao atendimento aos pobres e crianças órfãs, além de atender a migrantes que não tinham onde ficar. Atualmente, a congregação está em 26 países com mais de 800 religiosas e 156 comunidades. 

O Rito de Beatificação será presidido pelo representante do Papa Francisco, cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!