Manhã do segundo dia de Encontro em Aparecida é marcada por videoconferência e debates sobre a tecnologia digital

O segundo dia do 4º Encontro Nacional da Pastoral da Comunicação e 2º Seminário Nacional de Jovens Comunicadores começou logo nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (25/07). Dom Eduardo Pinheiro da Silva, presidente da Comissão Espiscopal para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – presidiu a Santa Missa no Centro de Eventos Padre Victor Coelho de Almeida, em Aparecida – SP.

Logo após a celebração os participantes do encontro acompanharam uma videoconferência com o presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, Dom Claudio Maria Celli, que está no Vaticano e fez questão de contribuir com este encontro. O prelado falou sobre a Evangelização e a Espiritualidade na Cultura Digital.

Dom Claudio lembrou o Papa Francisco ao dizer que “é sonho do Santo Padre ver a Igreja assumindo a compaixão com homens e mulheres para que todos vivam a compaixão de Jesus. A Igreja é como uma mãe que acaricia seus filhos e as pessoas encontram em nós, o olhar de Jesus, o olhar que entra nos corações”.

O presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais disse ainda que “a tecnologia é uma coisa boa, não podemos deixar essa realidade de lado, mas ela faz com que o mundo de hoje não dê uma alegria profunda”. Ele explicou ainda que “vivemos no reino do presente onde tudo é muito rápido e que muitas vezes são publicadas nas redes sociais, imagens, palavras reduzidas e que nem sempre, fazem sentindo”.

Ele foi além afirmando ainda que “estamos escravizados por uma situação que passa muito rápido e que temos de ser capazes de ajudar as pessoas, principalmente os jovens e isso é um desafio, uma oportunidade e nesse combate das redes sociais, temos de dar um testemunho de que Jesus nos acompanha”.

O segundo seminário teve como tema: “Comunicação e Mudanças Socioculturais provocados na Tecnologia Digital”, ministrado pelo professor doutor em Comunicação, Edson Faxina. Segundo ele, estamos presenciando várias mudanças culturais onde a pessoa “somente vai se sentir cidadão a partir do momento em que estiver conectada a internet”. Outro ponto observado pelo professor é que “a pessoa pensa hoje mais com as mãos e com o corpo, mais com o coração do que com a cabeça e cria-se vínculos pela paixão e não pela obrigação”.

Ele apresentou possíveis críticas que são feitas com base nesta nova realidade, como “a busca pela felicidade imediata, ainda que passageira com uma sociedade consumista e pouco afeita ao aprofundamento dos temas, à reflexão, à contemplação, tornando-se assim pouco informado”.

Segundo o professor Faxina está surgindo um “novo” ser humano que “não quer ser massa, quer ser indivíduo, não quer ser número e sim protagonista, afeito ao novo e as explicações simplificadas de tudo, além de ser avesso a obrigação, participando das coisas pura e simplesmente por paixão.”

No período da tarde acontecem os seminários que abordarão vários temas, desde a prática na web até a assessoria de imprensa na Pascom.

Luciano Batista

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!