Meditação sobre as leituras - 21° Domingo do Tempo Comum

24 de agosto de 2014

21° Domingo do Tempo Comum

Ó abismo da sabedoria de Deus!

Is 22,19-23

Sl 137,1-2a. 2bc-3.6.8bc

Rm 11,33-36

Mt 16,13-20

“Ó abismo da riqueza, da sabedoria e da ciência de Deus!”, exclama Paulo na Epístola deste domingo. Também o Salmo estende à triunfante nota de alegria e ação de graças. Mas por quê? Porque no Evangelho, ouvimos o Pai celeste revelar o mistério do seu Reino a Pedro.

Nós, cristãos católicos, jubilosos, unimos nossas vozes à de Pedro, e professamos que Jesus é o filho prometido a Davi; sim, aquele que haveria de construir o templo de Deus, e cujo Reino não terá fim (Cf. 2Sm 7).

O que Jesus chama de “minha Igreja” é o Reino prometido ao filho de Davi (Cf. Is 9,1-7). Isaías ainda profetizou que as chaves do reino de Davi seriam entregues a um novo mestre, o qual seria um pai para o povo de Deus.

Jesus, descendente de Davi, é quem tem as chaves do Reino (Cf. Ap 1,18; 3,7; 22,16). O ato de Jesus de entregar as chaves do Reino dos céus a Pedro realiza o cumprimento da profecia, estabelecendo-o – bem como todo aquele que o sucede, ou seja, o papa – como chefe da sua Igreja.

Sua Igreja é a nova casa de Deus – o templo espiritual edificado sobre a “rocha” de Pedro, e com as pedras vivas de cada fiel (Cf 1Pd 2,5).

Abraão foi chamado de “a rocha da qual o povo de Israel foi talhado” (Is 51,1-2). Pedro se tornou a rocha da qual Deus suscitou novos filhos para si (Mt 3,9).

A palavra usada por Jesus, ἐκκλησία (pronuncie “ekklesía”), ou “Igreja”, foi usada na tradução grega da palavra hebraica ל (pronuncie “qāhāl”) que quer dizer “assembléia”, especialmente a “assembléia de Israel”, isto é, o povo de Israel convocado e reunido por Deus após o êxodo do Egito no Antigo Testamento (Cf. Dt 18,16; 31,30). Sua assembleia é a “assembleia dos primogênitos” (Cf. Ex 4,23-24; Hb 12,23), estabelecida no êxodo de Jesus (Cf. Lc 9,31). Assim como os israelitas, também nós somos batizados com água, conduzidos pela rocha e alimentados com o alimento espiritual (Cf. 1Cor 10,1-5).

Reunidos em torno do altar, na presença dos anjos, cantamos louvores e damos graças ao seu santo nome.

Ulisses Quintão de Carvalho

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!