Musical de crianças peruanas com deficiência física animará a JMJ

Uma mensagem de esperança é o que esperam milhares de jovens que virão à Jornada Mundial da Juventude, que será realizada no Rio de Janeiro. Durante o evento da juventude, um grupo de 13 jovens do Peru com deficiência física, a maioria cadeirantes, mostrará por meio da arte a superação de obstáculos e o amor pela vida.

O musical "Yo Puedo", protagonizado pelos alunos do colégio La alegría en El Señor de Lima, é uma iniciativa das Irmãs da Congregação Servas do Plano de Deus. O projeto, além de incentivar os jovens deficientes a participar da JMJ, serve como tratamento de recuperação. Um dos casos notificados pelas Irmãs foi de um menino que tinha os braços paralisados, e que durante os sete meses de ensaio, passou a mexê-los.

A Irmã Elizabeth Sanchez define o esforço das crianças peruanas como um milagre. "Estamos muito contentes de poder apresentar esta obra na JMJ. É um milagre que a obra seja realizada por tudo que ela implica, por todo esforço exigido. É um milagre maior, no entanto, que eles possam estar na JMJ", disse a Irmã.

Voluntários cuidarão dos peregrinos com deficiência

Um grupo de cerca de 120 voluntários cuidará exclusivamente de peregrinos que possuem deficiência física, auditiva, visual ou intelectual, durante a realização da JMJ. O intuíto é fazer com que os jovens participem das atividades assim como os demais, comungando do espírito de paz e união da juventude que espera pelo encontro com o Papa Francisco.

Segundo o Comitê Organizador Local (COL), até o momento, constam cadastrados 100 peregrinos brasileiros surdos, 90 cegos, 80 com deficiência intelectual e 123 cadeirantes. (LMI)

Com informações rio2013.com

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!