Obras mundialmente famosas serão expostas na JMJ RIO-2013

No Próximo mês de julho o Rio de Janeiro não será somente a capital mundial da juventude. A "Cidade Maravilhosa" será também a capital da arte.

Pela primeira vez, chegarão ao Brasil mais de cem obras procedentes dos Museus Vaticanos e também de museus italianos.

A mostra deste acervo será chamada "Nos passos do Senhor" e poderá ser vista no Museu Nacional de Belas Artes do Río de Janeiro, de 11 de junho a 15 de setembro. A exposição contará com obras de Leonardo da Vinci, Caravaggio e ainda trará o Mandylion de Edesa, considerado como o primeiro ícone da história do cristianismo que estampa a imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Deverá chegar ao Brasil também a "famosa fotografia de Secondo Pía, que fotografou pela primeira vez O Santo Sudário. A Imagem que se conserva na Biblioteca Vaticana. Uma fotografia autêntica, autografada por Secondo Pia e que foi pedida pelo Papa Pío IX", informa ao Rome Reports o Professor Giovannni Morello que deverá acompanhar e ser o guardião do acervo no Rio de Janeiro.

A exposição está divida em quatro temas: O rosto de Jesus, a figura dos Apóstolos, a Virgem Maria e os Santos.

Há peças expostas que são de muito significado para o Rio de Janeiro: Segundo informa o Professor Giovanni Morello, na Exposição "Nos Passos de Jesus", "Estará presente o relicário da cabeça de São Sebastião, uma pequena urna do século VI ou VII que é conservada nos Museus do Vaticanos. E a diocese do Rio de Janeiro é dedicada a São Sebastião".

Durante a JMJ, o Papa fará três catequeses. e os responsáveis pela mostra dizem que ela será como se fosse uma "quarta catequese". Através da beleza das obras expostas, será mostrada a tradição iconográfica cristã desde os primeiros séculos. (JS)

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!