Paróquia realiza programação especial para a festa de seu padroeiro

A paróquia São Pio X, localizada no Jardim Valquíria, zona sul de São Paulo, realiza entre os dias 17 e 24 de agosto, a festa do centenário de morte de seu padroeiro, o papa São Pio X.

As atividades terão início no dia 17 com a romaria ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Esta peregrinação também faz parte das celebrações do jubileu de prata da Diocese de Campo Limpo, É a 22ª edição do encontro dos diocesenaos de Campo Limpo com a Padroeira do Brasil.

No período de 18 a 22 de agosto haverá a celebração eucarística na paróquia, sempre às 20h00. No dia 23 as atividades terão início às 18h00 com a procissão pelas ruas do bairro, seguida pela Santa Missa presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Luiz Antônio Guedes.

No último dia haverá a participação da cantora Ziza Fernandes na Santa Missa das 18h00.

São PioX. Seu nome de batismo era José Sarto. Nasceu na pequena aldeia de Riese, na diocese de Treviso, em  1835. Pertencia a uma família pobre e humilde, mas de intensa vivencia espiritual. 
 
Vendo a inteligência do menino, os fizeram de tudo para que cursasse ao menos os estudos ginasiais. Para isso, o pequeno josé de 10 a 14 anos devia percorrer todos os dias vários quilômetros com um pedaço de pão no bolso que lhe servia de almoço e colocando os sapatos só na entrada do colégio. Seu ardente desejo era ser padre e disso seus pais se orgulhavam, facilitando-lhe o caminho, embora com graves sacrifícios.
 
Formado sacerdote, depois de brilhante êxito nos estudos, José Sarto galgou com lenta ascensão todos os encargos pastorais: vice-vigário numa pequena aldeia; vigário de uma importante paróquia; cônego da catedral de Treviso; bispo da diocese de Mântua; cardeal de Veneza e, por fim papa!
 
Sua promoção ascensional foi, sem duvida, por merecimento de zelo, dedicação, fidelidade e constituiu uma riqueza incomparável de experiência pastoral. Em 1903, falecia o grande papa Leão XIII. No conclave para a eleição do novo papa, com surpresa geral, o eleito foi op cardeal José Sarto, patriarca de Veneza. Era o sinal certo de uma eleição guiada pelo Espírito Santo! A historia diz que ele aceitou a indicação entre lágrimas, porque uns cardeais amigos lhe fizeram notar que “resistir a uma expressa vontade divina seria um grave ônus de consciência!”
 
Tomando o nome de Pio X, José Sarto continuou no vaticano sua vida de simplicidade, modéstia e pobreza, como quando simples vigário. Mas sua perspicácia pastoral abalou o mundo. Adotou como lema: “Restaurar todas as coisas em Cristo”. 
 
Dois meses após sua eleição, publicou sua primeira encíclica, com o programa de seu pontificado: voltado para pastoral, no incremento da vida eclesiástica e cristã. “Sua preocupação pastoral levou-o a realizar profundas reformas na liturgia que marcariam um dos grandes progressos da espiritualidade do nosso tempo. Na evolução da piedade cristã, Pio X favoreceu a pratica da comunhão diária e da comunhão das crianças. No aspecto doutrinal, sua grande preocupação foi a difusão do relativismo religioso, condenando-o sob o nome de modernismo. Pessoalmente o traço distintivo de seu caráter e mesmo de sua fisionomia era a bondade. Uma bondade tão pura, tão suave, tão irradiante que se impunha como uma presença física. Certa ocasião, perguntaram os diplomatas ao cardeal secretário de Estado, após uma audiência: ‘monsenhor, que tem esse homem, o papa, que atrai tanto?’”
 
São Pio X não foi teólogo, mas um pastor dedicado, zeloso, vigilante e, sobretudo, um verdadeiro santo, extremamente devoto. Mas simples e sem ostentação. Prevendo a iminência da primeira guerra mundial que procurou esconjurar de todos os meios, amargurado, veio a falecer no dia 20 de agosto de 1914, com 79 anos de idade. 
 
O povo lhe conferiu logo o titulo de santo, tributando-lhe culto que a igreja, oficialmente, reconheceu com a canonização, em 1954.“A lápide do seu sepulcro resume bem sua vida: Pio X pobre e rico, suave e humilde, de coração forte, lutador em prol dos direitos da igreja, esforçando na tarefa de restaurar em Cristo todas as coisas”.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!