Romaria Diocesana Mariana reúne jovens de toda a Diocese

Um encontro que uniu cerca de 4 mil pessoas entre jovens e famílias da Diocese de Campo Limpo fez com que o dia 29 de maio entrasse para a história destas pessoas como a data que Nossa Senhora Aparecida intercedesse por cada um dos presentes no Ginásio Municipal de Esportes de Taboão da Serra junto a Jesus, por suas angústias, dificuldades, dúvidas e medos.

Organizada pelo Setor Juventude da Diocese, a Romaria Diocesana Mariana foi um encontro de fiéis vindos das 101 paróquias para ouvirem as pregações, conhecerem os diversos carismas inseridos no território diocesano e participarem de dois momentos importantes: a adoração ao Santíssimo Sacramento e a Santa Missa.

Após a acolhida feita pelo padre Rodolfo Camarotta, Assessor Diocesano da Ação Evangelizadora das Juventudes, padre Alberto Gambarini fez a sua pregação falando sobre o amor de Nossa Senhora a Deus e o que este amor representou para a história da humanidade. “Hoje o anjo está passando pela tua vida para falar ao teu coração de jovem. Este encontro, esta romaria é para nos abastecer porque vamos voltar para aquele mundo feroz, que hipnotiza cada um de nós e nos deixa sem tempo para nós, para nossos amigos e nossa família e por isso é que temos de ouvir o que este anjo tem a nos dizer como Nossa Senhora ouviu aquelas benditas palavras”, disse o sacerdote.

Durante os intervalos os jovens tiveram a oportunidade de conhecer as comunidades e associações instaladas no território diocesano através da Feira Vocacional, um espaço dedicado à divulgação dos trabalhos e carismas. No estande da Congregação das Franciscanas Filhas da Divina Providência a jovem Amélia Cristina dos Santos de 18 anos disse que ficou interessada pelo trabalho desenvolvido pelas irmãs e que passou a ver a vida religiosa com outros olhos. “Já tinha ouvido falar do trabalho delas, mas nunca havia visto as irmãs de perto. Eu gosto muito da ação delas junto aos menores que estão em situação de risco e acho que vou pensar mais sobre a vida religiosa e se for da vontade de Deus posso iniciar o caminho junto às irmãs”.

Antes do almoço os jovens da paróquia Santa Terezinha promoveram um momento emocionante. Eles encenaram o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul em 1717. No final todos cantaram a música Romaria de Renato Teixeira, deixando todos que estavam no Ginásio Municipal de Esportes de Taboão da Serra emocionados.

Após o intervalo para o almoço foi a vez da pregação de Flavinho. A romaria também foi um evento para celebrar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora e as pregações estavam voltadas para este tema. Flavinho explicou que Nossa Senhora, além de ser mãe e imaculada, é “onipotência suplicante, ou seja, tudo o que ela pede a Jesus, Jesus concede, inclusive aquele câncer incurável, ele vai curar porque Jesus sabe que tudo o que a mãe pede a ele é de extrema urgência e importância. Ela não vai até ele para pedir qualquer coisa”.

Logo após o encerramento da pregação todos vivenciaram a adoração ao Santíssimo Sacramento, antecedendo a Santa Missa presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Luiz Antônio Guedes e concelebrada por vários padres que fizeram questão de participar e apoiar a romaria.

Na homília Dom Luiz ressaltou que “Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens e entre os homens e Deus, não há outro salvador a não ser ele e como disse São Pedro, debaixo do céu não há outro nome que podemos alcançar a salvação; ele é o único salvador da humanidade”.

Antes do encerramento da Santa Missa, Dom Luiz convidou a todos para a consagração a Nossa Senhora.

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!