Igreja manifesta solidariedade às vítimas da tragédia em Santa Maria (RS)

 
O incêndio ocorrido em uma casa noturna da cidade de Santa Maria (RS) na madrugada deste domingo, 27 de janeiro, matou 231 pessoas e pelo menos 121 feridas, 80 delas em estado grave. O socorro às vítimas está sendo realizado em hospitais da cidade e também da capital, Porto Alegre.

Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, enviou mensagem ao arcebispo de Santa Maria, dom Hélio Adelar Rupert, recordando que os jovens cariocas realizaram uma vigília na Catedral em que rezaram pelos falecidos, familiares e amigos das vítimas. “Nossos corações estão abalados com essa grande tragédia (...) que ceifou a vida de inúmeros jovens dessa cidade, em especial, dos estudantes da Universidade Federal de Santa Maria”.

Já o cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, pediu ao clero de sua Arquidiocese que celebrem missas em intenção das vítimas do incêndio. Em sua nota de pesar, expressou sua solidariedade e recordou que “a tristeza aumenta com a constatação de que a tragédia foi consequência de uma série de erros e omissões, certamente evitáveis, se tivessem sido observadas as normas de segurança prescritas”.

O bispo auxiliar de Porto Alegre, dom Jaime Spengler, que já atuou como referencial para a Juventude no Regional Sul 3 da CNBB, destinou mensagem aos familiares dos jovens falecidos. “Somos atingidos por sentimentos de dor e tristeza. Dor pela vida de tantos jovens; tristeza pelas famílias e amigos destes jovens. Por quê? Resta-nos neste instante o silêncio respeitoso; e, sobretudo, a prece solidária”.

 

O site da Diocese de Campo Limpo está migrando para o endereço
www.dcl.org.br

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!